NFPA 1971

NORMA SOBRE VESTUÁRIO OU TRAJES DE PROTEÇÃO PARA O COMBATE A INCÊNDIOS ESTRUTURAIS E APROXIMAÇÃO AO FOGO

A norma NFPA 1971 especifica os requisitos mínimos de segurança básicos e os métodos de teste para a roupa de proteção e processos relacionados ao combate de incêndios estruturais e de aproximação ao fogo.

REQUISITOS PARA A CERTIFICAÇÃO DA NORMA NFPA 1971

MÉTODO DE TESTE

DESCRIÇÃO

VALORES DE MÍNIMO CUMPRIMENTO

ASTM D6413

Cada camada individual do conjunto deve ser testada por separado. Para tecidos cuja etiqueta especifique que devem ser lavados, devem ser testados antes e depois de 100 ciclos de lavagem e secagem. O tempo de exposição à chama é de 12 segundos. Após a exposição à chama e deixar esfriar o tecido, é preciso pendurar o peso adequado para proporcionar suficiente força de rasgo, de acordo com a Tabela:

Força de rasgo para a determinação do comprimento da carbonização
 g/m²  Peso do tecido
oz/yd²
Rasgo total  Força
 68 a 203  2,0 a 6,0  100  4,0
 203 a 508  6,0 a 15,0  200  8,0
 508 a 780  15,0 a 23,0  300  12,0
 Mais de 780 Mais de 23,0  475 16,0

Tanto o tecido como as faixas refletivas utilizadas nas vestimentas resistentes à chama devem ter um comprimento carbonizado inferior ou igual a 100 mm (4 polegadas), assim como uma pós-incandescência não superior a 2 segundos. O tecido não pode pingar nem derreter. O gás utilizado será o metano.

ISO 17493

Resistência ao calor a 260 ºC.

Os tecidos e acessórios utilizados na montagem das vestimentas não devem inflamar ou derreter e não devem encolher mais de um 10 %. Cada camada é testada por separado antes e depois do procedimento de lavagem.

ASTM D5587

Padrão americano que descreve o método de teste para a resistência ao rasgo.

A resistência ao rasgo do material externo e material do revestimento da gola deve ser de > 100 N. Para a barreira térmica, barreiras de umidade e revestimentos para inverno, a resistência ao rasgo deve ser de > 22 N. Testam-se antes e depois do procedimento de lavagem.

ASTM D5034

Padrão americano que descreve o método de teste para a resistência à tração.

A resistência à tração do material externo e material do revestimento da gola deve ser de > 623 N.

ASTM F1939

Padrão americano para testar a resistência ao calor radiante dos materiais de roupa ignífuga de proteção com calor contínuo.

A camada externa > 20 segundos.

AATCC 42

Resistência à penetração de água.

 A barreira de umidade deverá apresentar uma resistência >172 kPa.

AATCC 135

Padrão americano para o teste da estabilidade dimensional.

< 5 % em qualquer uma das suas direções.

ASTM F1868

Método de teste estândar americano para a resistência térmica e de evaporação dos materiais da roupa, utilizando uma placa quente que simula a transpiração.

ISO 17492

Proteção térmica/Valor TPP. O teste será realizado com um fluxo de calor de 84 kW/m² ± 2 kW/m².

Valor TPP > 35 (conjunto de materiais tecido exterior + barreira de umidade + barreira térmica).

Setores nos quais se aplica a norma NFPA 1971

BOMBEIROS

LAVANDERIAS INDUSTRIAIS

Alguns dos tecidos da Marina Textil que cumprem a norma NFPA 1971