TECIDOS DE PROTEÇÃO PARA BOMBEIROS

Setor no qual se destaca a máxima qualidade, uma excelente resistência às chamas, resistência mecânica e uma boa portabilidade.

Os máximos responsáveis pelo combate e extinção de incêndios, os bombeiros, equipam-se com tecidos desenvolvidos para cumprir os mais altos valores de proteção e conforto. No geral, este é um setor que busca tecidos de alta qualidade apesar de seus custos elevados. Maioritariamente, usam-se tecidos obtidos a partir de fibras aramidas, que são as predominantes neste setor, visto que oferecem altos valores de resistência à tração mecânica e durabilidade, ao mesmo tempo que são completamente ignífugas.

Por estas razões, Marina Textil desenvolveu uma gama de tecidos técnicos obtidos com misturas de meta-aramida e para-aramida de nova geração, por preços mais acessíveis de contrastada eficácia e proteção sobre o terreno.

Os perigos que os bombeiros enfrentam variam desde a máxima exposição ao fogo, acidentes de qualquer natureza, cortes ou arranhões de consideração diversa, etc. Por tudo isso, estamos falando de um setor em que se destaca a máxima qualidade, em que os tecidos de proteção utilizados devem oferecer uma excelente resistência às chamas, resistência mecânica que permita, além de tudo, uma boa portabilidade.

Ainda, os bombeiros são um dos coletivos encarregado de intervir em resgates técnicos de qualquer índole. Com a entrada da nova norma europeia EN 16689, encontrou-se a solução a um nível ótimo de proteção em momentos que não requeiram a proteção habitual do bombeiro regulada pela EN 469. Por este motivo, desenvolvemos uma coleção especial com a qual, além da máxima proteção, insistimos no conforto. Isso é possível com a introdução de tecidos elásticos e de alta visibilidade.

Estes são os tecidos ignífugos que a Marina Textil desenvolveu para bombeiros. Clique sobre qualquer um deles para conhecer as suas especificações.

NORMATIVAS QUE DEVEM CUMPRIR OS TECIDOS DE PROTEÇÃO PARA BOMBEIROS