TECIDOS DE PROTEÇÃO PARA SIDERURGIA

As fundições de siderurgia exigem tecidos ignífugos capazes de repelir respingos de metal a altíssimas temperaturas.

Nas fundições de aço ou de ferro (siderurgia), onde o metal é trabalhado a temperaturas de fusão de 1.400 ºC aproximadamente, exige-se aos operários vestir uma proteção eficaz, capaz de resistir aos impactos de respingos de metal fundido. Diferentemente das fundições de alumínio, as altas temperaturas do ferro ou do aço e a viscosidade que estes materiais adquirem em estado líquido favorecem que os tecidos repelam mais facilmente os possíveis respingos de metal fundido. Não obstante, as altas temperaturas e a possibilidade de se formar um fogo repentino por arco elétrico fazem da indústria siderúrgica um contexto perigoso.

Marina Textil oferece soluções de vanguarda e pioneiras neste setor. Trazendo solução à necessidade de que os trabalhadores sejam vistos em espaços monocromáticos, com tecidos de alta visibilidade, assim como cobrindo qualquer necessidade de proteção perante altas temperaturas, calor radiante, calor por contato, grandes respingos de metal fundido, respingos de materiais químicos líquidos, etc.

Estes são os tecidos ignífugos que a Marina Textil desenvolveu para o setor da siderurgia. Clique sobre qualquer um deles para conhecer as suas especificações.

NORMATIVAS QUE DEVEM CUMPRIR OS TECIDOS DE PROTEÇÃO PARA SIDERURGIA